jogando conversa fora sobre A vida, o Universo e tudo maisIlustraçãoQuadrinhos

Juan Gimenez

22 de agosto, 2012

Bom, realmente eu precisava falar sobre esse cara. Este é Juan Gimenez, meu desenhista preferido. Apesar de não ser uma influência para o meu traço, seu trabalho me encanta e me envolve. Cada página que ele desenha é de tirar o fôlego. Já fiquei 30 minutos em uma só página de uma HQ desenhada por ele. O seu realismo não é mera imitação do real, contém uma expressividade impar, consegue – se enxergar a marca do seu traço em cada parte do desenho. Seu maior destaque foi na HQ A Casta dos Metabarões (La Caste des Méta-Barons), escrita pelo chileno Alejandro Jodorowsky. É com certeza um artista que me emociona muito em seu modo de desenhar, quadrinizar, representar. Ele é excepcional. Tá ai um pouco da trajetória dele: JUAN GIMENEZ nasceu na cidade de Mendoza, Argentina, em 26 de novembro de 1943. Na sua juventude, ele estudou Desenho Industrial e publicou sua primeira história em quadrinhos aos dezesseis anos. Depois de um longo hiato, durante o qual passou seu tempo mais notavelmente em filmes promocionais, Juan Gimenez deixou a Argentina no final dos anos 70 e partiu para a Europa, onde começou a trabalhar para editoras italianas, espanholas e francesas. Em pouco tempo seus trabalhos deixariam clara sua inclinação para o fantástico e a ficção científica.   Depois, trabalhou em agências de publicidade, realizando storyboards para spots publicitários. Isso o ajudou a aprender como contar uma história em pouco tempo e planejar cada detalhe de uma cena. Em 1981, ele trabalhou num episódio do filme de animação norte-americano de Gerard Potterton, Heavy Metal – UNIVERSO EM FANTASIA. Além do seu trabalho em revistas em quadrinhos, Juan Gimenez também é um ilustrador prolífico, cujo trabalho pode ser visto em capas de livros e discos, além de pôsteres e videogames. Ele também desenha regularmente storyboards para filmes.         A aceitação do público e da crítica fizeram com que ele ganhasse diversos prêmios internacionais: Melhor Desenhista eleito pelos leitores das revistas 1984 e Comix Internacional nos anos 1983, 1984, 1985 e 1990; Melhor Desenhista no Salão de Quadrinhos e Ilustração de Barcelona em 1984; o cobiçado Yellow Kid durante o Salão Internacional de Quadrinhos de Lucca em 1990; o Bulle D’Or na França em 1994; entre outros. Seus trabalhos têm sido expostos em várias cidades do mundo, destacando-se a exposição no Centro Georges Pompidou de Paris, em 1997. Pra finalizar tá aqui um video dele desenhando:

Comenta aí:

    Comentários:

  • Marãns à toa em 23/08/2012 - 11:12

    ele é massinha u_u